PAPERCRAFT/ LOW POLY

Fala-se que é uma técnica de origami, mas não é não! Existem algumas semelhanças, mas a arte do PAPERCRAFT utiliza de algumas técnicas diferentes, distintas das utilizadas em origami.

Imagem da internet

Também conhecida como pepakura, Papercraft é a arte de transformar papel em objetos tridimensionais, que utiliza vários pedaços de papel cortados à tesoura e unidos uns aos outros com cola. Está disponível na internet vários moldes que podem ser facilmente impressos, fazendo com que a técnica atinja uma constante crescente. Para auxiliar nesta arte, criou-se um software chamado Pepakura Desing, capaz de transformar os polígonos de um arquivo em 3D para um modelo papercraft o que tem cada vez atingido um público maior onde qualquer pessoa pode criar ou personalizar seus próprios modelos.

Imagem da internet

LOW POLY é muito similar ao papercraft – o nome já diz, poucos polígonos -. Esse termo também é muito utilizado no mundo dos games e animações. São esculturas criadas de uma imagem concreta em forma poligonal, muitas vezes criadas do zero.

Imagem da internet

Os materiais para construção desses projetos (papercraft/low poly) podem ser metal, madeira, mas o mais utilizado é o papel. Deve-se ter cuidado com a escolha da gramatura do papel, pois tem que ser firme para dar estrutura a escultura. Normalmente utiliza-se de 120gr a 200gr, salvo em pequeninas esculturas ou minuciosos detalhes que fica um pouco difícil à dobra e manuseio.

Outras ferramentas muito importante são as para corte e vinco, ter uma tesoura de qualidade ou estilete farão toda diferença para a realização do projeto, existem também as maquinas de corte, porém pelo seu elevado custo o que mais se usa são os manuais. Já para o vinco pode-se utilizar a dobradeira osso, ela tem um excelente desempenho principalmente em detalhes.

Imagem da internet

A cola também é uma das peças chave para o sucesso da realização destes projetos. Os modelos de cola com pouca água, para secagem rápida com certeza serão os melhores. Utiliza-se ainda a cola permanente e a cola quente, vai depender do dinamismo de cada execução.

Imagem da internet

Fala ai… É ou não o máximo essas técnicas? Você já as conhecia e o que mais gostaria de saber sobre esse mundo dos papéis em formato de esculturas de polígonos? Deixe nos comentários, será um prazer falar com você!

Até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Avise-me quando estiver disponível Vamos informá-lo quando o produto chegar em estoque. Apenas deixe seu endereço de e-mail válido abaixo.
Email Quantidade Nós não compartilharemos seu endereço com mais ninguém.