PAPEL COLORIDO NA MASSA

O papel colorido na massa é quando a cor é inserida diretamente nas camadas, assim, as cores são intensas, vivas e vibrantes. E principalmente, não deixa fios brancos no papel. Mas será que esse processo interfere na qualidade do produto?

Além dessa questão, também é preciso saber se há vantagens e desvantagens na utilização desse papel. Desse modo, temos dois tipos de processos para a cor do papel, que é na massa ou em uma folha branca.

Análise as informações e avalie qual tipo de papel é adequado para suas necessidades, ou seja, papel colorido na massa ou não.

Quais são os dois tipos de produção do papel colorido?

Como já mencionamos há dois tipos de processos para a produção desse papel. Assim, uma é quando a produção do papel é feita com o colorido ou com brilho direto na massa.

Nesse processo é misturado à tinta ou o brilho na massa que em seguida será transformada em chapas de papel. A mistura também pode ser uma pasta.

Já a outra forma de produção é quando o colorido ou brilho chapado é inserido em uma folha branca. Dessa forma, é feita uma impressão chapada. Assim, é utilizada uma chapa branca que após o processo de receber o colorido ou brilho, o miolo da chapa continua sendo branco.

Quais as vantagens ou desvantagens do papel massa?

Quando for utilizar o papel precisa pensar nos processos que irá realizar, por exemplo, os cortes e vincos. Pois, de acordo com o papel utilizado irá interferir no visual do seu produto. Assim, muitas vezes com esses processos a parte branca fica exposta.

Então, recomendamos o colorido na massa. Logo, o uso desse papel também reduz custos, por que a princípio pode parecer que as chapas brancas possuem menores custos. Mas, os gastos com tintas e custos fixos fazem o produto pronto valer mais a pena.

Assim sendo, não deixe de observar as exigências da sua impressora, quanto à gramatura e secagem da impressão para o papel colorido na massa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *